+55 (41) 3107-3344

|

+55 (41) 99137-1831

|

@ibrafe.org

Título da Notícia

Com alta de preço, veja opções para substituir o feijão no seu prato
29.01.2020

Especialista mostra opções para substituir o tradicional companheiro do arroz no prato dos brasileiros e ainda dá dicas de como melhorar o preparo.

Presente no prato dos brasileiros todos os dias, o feijão, além de companhia ideal para o arroz, carrega nutrientes importantes para uma alimentação saudável. Mas a popularidade tem um preço. E no início deste ano, ele está bem salgado.

Com elevação de 62% em 2019, o valor do carioquinha foi um dos responsáveis pelo aumento de 10,66% na cesta básica no ano.

Para aqueles que querem driblar a alta, Lidiane Barbosa, chef e consultora especialista em ingredientes naturais, indica outras leguminosas “tão importantes quanto o feijão e também deliciosas”.

— Grão de bico, ervilha, lentilha e o feijão branco (menos conhecido e antigamente mais caro) acabam ocupando perfeitamente o lugar do feijão de todo dia. Todas as leguminosas são excelentes e trazem vitaminas do complexo B, ferro, fósforo e cálcio assim como o feijão. Além de serem uma excelente fonte de proteína vegetal, para quem quiser se arriscar a retirar as proteínas animais do seu dia a dia.

Lidiane lamenta que “temos como hábito uma alimentação monótona”, muito por conta de uma “falta de coragem e curiosidade de buscar novas fontes de nutrientes”, que acaba “incentivando mercados, supermercados e feiras a não trazerem ao consumidor novidades, com medo de ‘micar’ na prateleira”.

O ruim da alimentação “monótona” é que nosso organismo acaba se “acostumando” com certos alimentos e não aproveita em sua integralidade a biodisponibilidade que cada alimento ou ingrediente poderia estar trazendo em seu máximo. Por isso a importância de “rodiziar”. Mas, para rodiziar, precisamos conhecer.

Ela deixa duas dicas de consumo e preparo de leguminosas:

1) Deixar as leguminosas de molho por no mínimo 12 horas antes do preparo em água suficiente para cobrir e com 30 ml de vinagre de maçã ou suco de limão para cada 1 litro de água.

Exemplo: abra o pacote de feijão. Coloque em uma cumbuca e cubra com água (as leguminosas precisam ficar totalmente cobertas pela água) adicione 30 ml de vinagre de maçã para cada 1 litro de água utilizado. Cubra com plástico filme, faça furinhos e leve à geladeira por 12 horas. No dia seguinte, jogue essa água fora e cozinhe normalmente a leguminosa. Mas atenção: ela cozinhará rapidamente devido ao processo de molho. Você pode, se tiver tempo, trocar a água na metade do processo, quando atingir 6 horas de molho

2) Ao consumir a leguminosa, gotinhas de alimentos cítricos, como laranja, farão com que o ferro do vegetal seja melhor aproveitado pelo organismo. Ou seja, o casamento feijoada com laranja, dá super certo.

Fonte: https://noticias.r7.com/sao-paulo/com-alta-de-preco-veja-opcoes-para-substituir-o-feijao-no-seu-prato-25012020

Guia de
Empresas

Escolha aqui seus parceiros de negócio e conheça as mais inovadoras empresas do setor Feijoeiro.

Saiba Mais

Notícias
Relacionadas

Conab estima redução na produção de feijão em Mato Grosso

Conab estima redução na produção de feijão em Mato Grosso
29.05.2020

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) estimou uma redução na produção de feijão em Mato Grosso, na safra 2019/2020. De acordo com...

Ler Mais
Feijão: tendência é de preços em alta, diz consultoria

Feijão: tendência é de preços em alta, diz consultoria
29.05.2020

Relatório especial divulgado pela consultoria Cogo – Inteligência em Agronegócio aponta que a tendência é de sustentação dos preços do feijão carioca...

Ler Mais