+55 (41) 3107-3344

|

+55 (41) 99137-1831

|

@ibrafe.org

Título da Notícia

Cultivo de feijão 3ª safra é destaque na produção de grãos em Goiás
09.07.2020

O Estado deve produzir 167,6 mil toneladas de feijão 3ª safra, graças ao incremento da tecnologia, sobretudo com uso da irrigação. Considerando a produção total de feijão – 1ª, 2ª e 3ª safras – o Estado deve colher 329,6 mil toneladas do grão.

A produção de feijão em Goiás tem surpreendido positivamente os produtores do grão no Estado, na safra 2019/2020. Segundo os dados apresentados nesta quarta-feira, 8 de julho, no 10º Levantamento da Safra de Grãos, realizado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a estimativa é de que o Estado aumente a atual produção de feijão 3ª safra, mantendo sua posição como o segundo maior produtor do tipo, atrás apenas de Minas Gerais. Goiás deve contribuir com 21% da produção total brasileira de feijão 3ª safra. No Estado, a produção está estimada em 167,6 mil toneladas e representa um aumento de 6,9% em relação à produção de feijão 3ª safra no Estado na safra 2018/2019.

Considerando a produção total de feijão (1ª, 2ª e 3ª safras), no Estado, na safra 2019/2020, Goiás deve colher 329,6 mil toneladas do grão, totalizando um aumento de 8,3% em relação à safra passada. O número representa 10,4% da produção nacional e coloca o Estado em quarto lugar no ranking da produção total de feijão. A produtividade do feijão goiano também é destaque e obteve aumento de 3,4% em comparação à última safra, chegando a um nível de 2.397 quilos por hectare, em uma área de 137,5 mil hectares.

De acordo com o secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Antônio Carlos de Souza Lima Neto, a produção de feijão no Estado tem crescido graças ao aumento do uso de tecnologias, sobretudo na região de Cristalina que ocupa o posto de maior produtor de feijão do Estado. “Em Cristalina temos nosso maior expoente da produção de feijão, sobretudo por causa do uso da irrigação por meio de pivôs e do incremento da tecnologia, que têm permitido não só o desenvolvimento dessa 3ª safra substancial, como o aumento da produtividade desses plantios”, salienta.

Segundo Antônio Carlos, o Governo de Goiás tem atuado na busca por investimentos que fortaleçam o desenvolvimento das diferentes cadeias do setor agropecuário, como aqueles direcionados ao incremento da tecnologia no campo. “Conforme tem sido orientado pelo nosso governador Ronaldo Caiado, o Governo de Goiás busca desenvolver as diferentes regiões do Estado. E esse desenvolvimento no campo, como ele mesmo tem destacado, passa pelo uso da tecnologia”, ressalta. “Hoje, os produtores do nosso Estado têm à sua disposição créditos para investimento, como as linhas voltadas ao uso da tecnologia, disponibilizadas no novo Plano Safra, que são fruto de negociações e da articulação do Estado, da bancada federal e do Governo Federal, de modo com que o nosso produtor esteja amparado para produzir o alimento. Isso retorna na movimentação da economia dos produtores, dos municípios e na geração de emprego e renda”.

Outras culturas
O 10º Levantamento da Safra de Grãos da Conab também traz outros destaques na produção do Estado. Conforme a atualização dos dados, a produção de grãos em Goiás deve alcançar os 26,7 milhões de toneladas (aumento de 8,4% em relação à safra 2018/2019) e manter o Estado como terceiro maior produtor de grãos nacional.

Além do feijão, também registraram crescimento, segundo a Conab, a produção de soja, cuja colheita já foi finalizada no Estado, e deve alcançar 12,4 milhões de toneladas (aumento de 9% em relação à safra anterior); de milho, com produção de 12,2 milhões de toneladas (aumento de 6,8%); e de arroz, com produção de 120,4 mil toneladas (aumento de 6,9%).

Também foi divulgado nesta quarta-feira, 8 de julho, o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (LSPA/IBGE). Um dos pontos positivos apontados pelo estudo é o aumento da produção de cana-de-açúcar, que deve ser de 76,8 milhões de toneladas (aumento de 1,6%), e que coloca Goiás como segundo maior produtor de cana-de-açúcar do País, atrás apenas de São Paulo.

Fonte: https://www.noticiasagricolas.com.br/noticias/feijao-e-graos-especiais/263423-cultivo-de-feijao-3-safra-e-destaque-na-producao-de-graos-em-goias.html#.XweNHihKjIW

Notícias
Relacionadas

Cultivo superprecoce de feijão melhora produtividade e resistência a pragas

Cultivo superprecoce de feijão melhora produtividade e resistência a pragas
11.08.2020

O cultivo superprecoce de feijão é a mais importante inovação do melhoramento genético dessa cultura no Brasil. Pesquisadores e produtores comprovaram que...

Ler Mais
Ingleses mudam a dieta e consomem mais Pulses

Ingleses mudam a dieta e consomem mais Pulses
04.08.2020

Os leites vegetais, os Feijões cultivados na Grã-Bretanha e as sobremesas de pacote são apenas alguns dos produtos que tiveram um aumento...

Ler Mais