+55 (41) 3107-3344

|

+55 (41) 99137-1831

|

@ibrafe.org

Título da Notícia

Deu federal no Feijão e mercado parou
11.03.2020

O mercado de Feijões, se já estava calmo, travou de vez ontem. Pouco se falou em grupos de WhatsApp, mas a operação desencadeada em vários estados do Brasil tem potencial de alto impacto. Ainda que ICMS de Feijão já seja zero em Minas Gerais e 1% no Paraná, a sonegação ainda existe. O que os produtores estão preocupados, de maneira geral, é que eles têm endereço fixo e são facilmente localizados, enquanto o restante dos operadores desaparece no ar. Diversas empresas que, ao receberem as notas fiscais, checam se a empresa está autorizada a operar e pagam nas contas da empresa emitente da nota fiscal, em investigações como esta acabam tendo que despender energia e tempo para provar que suas operações foram lícitas, até onde elas têm capacidade de checar. Porém fica difícil explicar quando a empresa tem mais de 50% de suas notas fiscais de compra concentradas em determinadas empresas. Mas é o caminho sem volta. A picaretagem vai dia a dia perdendo espaço. Para todos é interessante que isso aconteça. O setor só pode ter seus interesses defendidos se ele existe com todo o seu potencial. Estados onde o ICMS ainda é alto poderão buscar isonomia de alíquotas se buscarem o Legislativo. Os negócios reportados ontem…CONFIRA NA ÍNTEGRA AQUI.

Fonte: IBRAFE

Guia de
Empresas

Escolha aqui seus parceiros de negócio e conheça as mais inovadoras empresas do setor Feijoeiro.

Saiba Mais

Notícias
Relacionadas

Brasil registra geada pelo 4º dia seguido; feijão, hortaliças e cana são afetados

Brasil registra geada pelo 4º dia seguido; feijão, hortaliças e cana são afetados
28.05.2020

Somar Meteorologia destaca que baixas temperaturas atingiram cidades de Mato Grosso do Sul e até Goiás A massa de ar polar que atua...

Ler Mais
CÂMARA DO FEIJÃO ANALISA MERCADO E DISCUTE ABASTECIMENTO NA PANDEMIA

CÂMARA DO FEIJÃO ANALISA MERCADO E DISCUTE ABASTECIMENTO NA PANDEMIA
27.05.2020

A situação do abastecimento no mercado interno e a alta de preços durante a pandemia do novo coronavírus foram assuntos discutidos na...

Ler Mais