+55 (41) 3107-3344

|

+55 (41) 99137-1831

|

@ibrafe.org

Título da Notícia

Encontro de produtores em Paracatu
08.02.2019

Buscando no histórico, vemos que sempre após fortes altas de preços encontra-se, ainda que temporariamente, um patamar. Os produtores, em sua grande maioria, optam em aguardar. Aqui e ali acontecem negócios pouco abaixo dos R$ 400. Mas há compradores ofertando, logicamente, preços bem abaixo. Será que é combinado? Pouco provável. Se fossem meia dúzia de compradores talvez chegassem a um acordo. O que acontece é que estão aguardando que as reposições por parte do varejo ocorram, e vão acontecer. Portanto, os produtores que aguardam para vender, quando isso ocorrer, não vão se arrepender se o que esperam são os valores superiores. É bastante cedo para este alerta, mas não é demais. Quem tem Feijão acertou na mosca ao ter plantado Feijão e ter hoje estoques. Mas acertar em cheio o maior preço do ano daí é acertar no olho da mosca. Desse modo, o preço médio não pode ser esquecido como a melhor estratégia.
Hoje à noite temos um encontro com produtores e interessados em geral em Paracatu – Minas Gerais. Se estiver pela região, não perca.

Fonte:Ibrafe

Guia de
Empresas

Escolha aqui seus parceiros de negócio e conheça as mais inovadoras empresas do setor Feijoeiro.

Saiba Mais

Notícias
Relacionadas

Egito é terceiro maior importador de feijão do Brasil

Egito é terceiro maior importador de feijão do Brasil
23.08.2019

País árabe fez compras no valor de US$ 2,8 milhões em feijão brasileiro de janeiro a julho deste ano. Segundo presidente de...

Ler Mais
Muita conversa e poucos negócios

Muita conversa e poucos negócios
23.08.2019

A semana foi longa para os produtores que precisavam vender e ao mesmo tempo difícil para os empacotadores que precisam comprar na...

Ler Mais