+55 (41) 3107-3344

|

+55 (41) 99137-1831

|

@ibrafe.org

Título da Notícia

Feijão-carioca: vender agora ou esperar, plantar agora ou não?
27.10.2020

Por Marcelo Eduardo Lüders – Presidente do IBRAFE – em 27/10/2020

A demanda por Feijão-carioca está aumentando esta semana. O período de 20 dias com poucos negócios não foi fácil para os produtores. Para aqueles que têm Feijão já colhido, o desafio foi ainda maior. Foram tantas notícias negativas… Houve produtores experientes com receio de que os preços cedessem ainda mais. E agora surge a dúvida: vender já ou não? O Feijão-carioca, durante o mês de novembro, terá menor oferta do que entre agosto e outubro. Dependeremos somente do Feijão colhido no estado de São Paulo e boa parte das lavouras não terão rendimento esperado para pivôs de irrigação. O Feijão plantado no sequeiro naquele estado foi perdido. Frio, calor, estiagem, ocorreu de tudo e esta é a razão para que os produtores vendam aos poucos. Os mais experientes produtores já estão decididos a prestar atenção aos compradores na medida em que a ofertas estejam acima de R$ 250,00. Fique atento pois haverá aumento de oferta a partir de janeiro porque o Paraná colherá uma área que será menor do que no ano passado. A maior parte do Paraná plantou Feijão-preto, veja a área comparada nos gráficos.

O PULO DO GATO está em vender devagar o seu produto, fazendo preço médio, e plantar Feijão assim que puder. De janeiro a abril de 2021 será um período de pouca oferta no Brasil. Preste atenção também na correlação entre preço de soja e milho com o Feijão. A paridade histórica mostra que os preços tem a partir de agora a tendência de posicionar-se acima de R$ 300.

Notícias
Relacionadas

Proteína vegetal: por que todo mundo deveria comer mais

Proteína vegetal: por que todo mundo deveria comer mais
03.12.2020

Feijão, lentilha, soja... Conheça a família de alimentos que oferta proteína, fibra e outras substâncias bem-vindas à saúde Um interesse crescente na sustentabilidade,...

Ler Mais
Por um Brasil que consuma mais Pulses

Por um Brasil que consuma mais Pulses
02.12.2020

O brasileiro está consumindo mais pão francês do que verduras, hortaliças e Feijão. O estudo que levantou esses dados foi realizado pelo...

Ler Mais