+55 (41) 3107-3344

|

+55 (41) 99137-1831

|

@ibrafe.org

Título da Notícia

O marketing para o Feijão ficou mais barato
07.11.2018

Há um sentimento de que precisamos trabalhar para aumentar o consumo de Feijão. Isso faz todo sentido. Nunca foi feito, portanto é mais do que a hora. Nesta empreitada podemos juntar forças, produtores e indústria. É um bom momento para arregaçar as mangas e fazer acontecer. Era quase impossível até alguns anos pensar nisso. Só havia Globo: ou se pagava milhões lá ou não atingia o público. Se para eleger um presidente, ele fez conhecer por mídias sociais,então elas podem ser aliadas nossas. As pessoas com menos de 30 anos têm medo até de panela de pressão. Muita gente ainda pensa que Feijão engorda, outros tem medo de resíduos de agrotóxico. O que o consumidor pensa já está tabulado. Vamos em frente e fazer uma campanha solidária. Esta causa vale a pena. Mesmo com a desinformação ainda presente, consumimos muito. Para ter ideia: ontem, no final da tarde, um balanço rápido apontou que foram vendidas mais de 50 mil sacas entre São Paulo, Goiás e Minas Gerais, com preços que variaram entre R$ 95, em Minas Gerais, até R$ 112, em São Paulo.

Fonte: IBRAFE

Guia de
Empresas

Escolha aqui seus parceiros de negócio e conheça as mais inovadoras empresas do setor Feijoeiro.

Saiba Mais

Notícias
Relacionadas

O BOOM DO HUMMUS DE GRÃO-DE-BICO NO CANADÁ

O BOOM DO HUMMUS DE GRÃO-DE-BICO NO CANADÁ
26.03.2019

Por Jen Skerritt - 29 de maio de 2018  - Bloomberg O crescente apetite por hummus está levando os fazendeiros do Canadá a...

Ler Mais
DO HUMMUS À HI-TECH: A INICIALIZAÇÃO DA TECNOLOGIA DE ALIMENTOS DE GRÃO-DE-BICO LEVA $ 4.25M

DO HUMMUS À HI-TECH: A INICIALIZAÇÃO DA TECNOLOGIA DE ALIMENTOS DE GRÃO-DE-BICO LEVA $ 4.25M
26.03.2019

O inovador concentrado de proteína à base de grão-de-bico não GMO da empresa, que é altamente nutricional e não tem sabor residual,...

Ler Mais