+55 (41) 3107-3344

|

+55 (41) 99137-1831

|

@ibrafe.org

Título da Notícia

O varejo assimilou a alta
11.01.2019

Houve um momento nesta semana em que os preços estabilizaram. Logicamente alguns compradores passaram a ofertar valores mais baixos. Mas poucos produtores aceitaram, pois levam em consideração que as perdas são uma realidade, portanto, não há motivos para que os preços fiquem abaixo dos R$ 200 por saca de 60 quilos para um Feijão-carioca 8,5 acima. A alta dos preços começa a ser aceita pelo varejo. Está amplamente divulgada a informação das perdas ocorridas nas lavouras. Sendo assim, nada mais lógico do que a manutenção dos valores no mínimo ao redor de R$ 200 por saco. É necessário ter em conta que o Brasil é grande e nem todos os estados têm abastecimento próprio e, portanto, os empacotadores voltam ao mercado ainda este mês podendo inclusive propiciar demanda suficiente para novas altas. É por esse motivo que os produtores podem comercializar com calma.

Fonte:Ibrafe

Guia de
Empresas

Escolha aqui seus parceiros de negócio e conheça as mais inovadoras empresas do setor Feijoeiro.

Saiba Mais

Notícias
Relacionadas

O BOOM DO HUMMUS DE GRÃO-DE-BICO NO CANADÁ

O BOOM DO HUMMUS DE GRÃO-DE-BICO NO CANADÁ
26.03.2019

Por Jen Skerritt - 29 de maio de 2018  - Bloomberg O crescente apetite por hummus está levando os fazendeiros do Canadá a...

Ler Mais
DO HUMMUS À HI-TECH: A INICIALIZAÇÃO DA TECNOLOGIA DE ALIMENTOS DE GRÃO-DE-BICO LEVA $ 4.25M

DO HUMMUS À HI-TECH: A INICIALIZAÇÃO DA TECNOLOGIA DE ALIMENTOS DE GRÃO-DE-BICO LEVA $ 4.25M
26.03.2019

O inovador concentrado de proteína à base de grão-de-bico não GMO da empresa, que é altamente nutricional e não tem sabor residual,...

Ler Mais