+55 (41) 3107-3344

|

+55 (41) 99137-1831

|

@ibrafe.org

Título da Notícia

Produtos mais consumidos na pandemia, como arroz e feijão, subiram em média 8,5% em setembro
01.10.2020

Os produtos mais consumidos na pandemia ficaram 8,5% mais caros em setembro, quando comparados com o mesmo mês de 2019, segundo levantamento da Fecomercio-SP.

Na cesta pesquisada, a maior variação nos preços dos produtos mais vendidos apareceu nos itens de alimentação e bebida (15,7%), seguidos por produtos para casa (6,7%) e saúde e cuidados pessoais (3,3%).

Nos alimentos, o feijão carioca teve a maior alta em setembro, de 45%. Nos itens para casa, o preço do detergente foi o que mais subiu (9,8%). O papel higiênico também foi destaque (7,45%).

Fonte: https://www.diariodocentrodomundo.com.br/essencial/produtos-mais-consumidos-na-pandemia-como-arroz-e-feijao-subiram-em-media-85-em-setembro/

Notícias
Relacionadas

Projeto no Senado prevê zerar juros para frear alta do arroz e feijão

Projeto no Senado prevê zerar juros para frear alta do arroz e feijão
22.10.2020

O senador Jaques Wagner (PT-BA) apresentou um projeto de lei (PL 4.760/2020), que prevê medidas emergenciais para conter a alta dos preços...

Ler Mais
Por que os pulses são a tendência da alimentação no Brasil?

Por que os pulses são a tendência da alimentação no Brasil?
20.10.2020

Quando pensamos no futuro da alimentação não podemos descartar qualidades importantes como nutrição e sustentabilidade. A esses, ainda devemos acrescentar baixo custo,...

Ler Mais