+55 (41) 3107-3344

|

+55 (41) 3779-4454

|

@ibrafe.org

Título da Notícia

Quem ganha se o Feijão-carioca sobe nas gôndolas?
13.06.2018

A boa venda no varejo em todo o Brasil e para Região Nordeste, em especial, segue dando sustentação ao mercado. Pequenas oscilações acontecem em um local ou outro, R$ 5 a menos ou a mais, mas até agora os produtores resistem a qualquer baixa, sobretudo quando percebe que lá na gôndola o Feijão começou a subir em diversas redes. O Feijão subir na gôndola ocorre sempre após um longo período onde as redes se desdobraram em vender cada uma mais barato que a outra. Nesta hora sobem rápido na gôndola e bem devagar nas compras do empacotador. Postergam e massacram os preços de compra do empacotador e, por extensão, do produtor, comprando com preços baixos, maximizando as margens. Ontem vários negócios foram relatados à noitinha entre R$ 90/95 para nota 8 em Minas Gerais. Já os lotes de nota 8,5 chegaram a ser negociados por até R$ 100. No Paraná ainda há estoques de Feijões, porém os melhores lotes praticamente já se esgotaram, restam os comerciais que ou o produtor continua segurando, independente do que se ofereça, ou são Feijões com muitos defeitos.

 

Venha para o Fórum do Feijão e Pulses, de 15 a 17 de agosto, em Curitiba. Aproveite os valores promocionais! Faça sua inscrição: www.forumdofeijao.com.br/inscricao

Fonte: IBRAFE

Guia de
Empresas

Escolha aqui seus parceiros de negócio e conheça as mais inovadoras empresas do setor Feijoeiro.

Saiba Mais

Notícias
Relacionadas

Apesar do excesso de umidade, há procura

Apesar do excesso de umidade, há procura
16.10.2018

Chuvas são um risco sempre presente nesta época do ano durante a colheita no estado de São Paulo. Este risco traz grau...

Ler Mais
Área de feijão no PR é uma das menores da história e carioca deve ter o maior recuo

Área de feijão no PR é uma das menores da história e carioca deve ter o maior recuo
15.10.2018

Marcelo Eduardo Lüders, presidente do IBRAFE, destacou nesta quinta-feira (11) que a semana não foi boa para os negócios no mercado de...

Ler Mais