+55 (41) 3107-3344

|

+55 (41) 99137-1831

|

@ibrafe.org

Título da Notícia

Reação não chegou no varejo
12.07.2019

A procura é grande, mas os negócios são poucos. Isto ocorre porque os empacotadores não ousaram repassar a pequena alta desta semana ao varejo. O desgaste é muito grande e a maioria preferiu segurar as compras e, com isso, o pouco estoque que tinham foi sendo consumido. Porém não se trata de operação combinada para forçar os produtores a venderem abaixo, mas é uma reação natural e espontânea. Os preços encontraram sustentação ao redor de R$ 135/140 em Goiás e ao redor de R$ 150 em Minas Gerais. No Paraná, os preços têm se mantido ao redor de R$ 130 FOB para Feijão-carioca nota 8.
O Feijão-rajado tem se mantido estável, ao redor de R$ 159 FOB em Minas Gerais.
O Feijão-preto segue com negócios entre R$ 149/150 FOB cerealistas no Sul.

Fonte: Ibrafe

Guia de
Empresas

Escolha aqui seus parceiros de negócio e conheça as mais inovadoras empresas do setor Feijoeiro.

Saiba Mais

Notícias
Relacionadas

Dia Mundial da alimentação 2019: promovendo dietas saudáveis para alcançar a erradicação da fome

Dia Mundial da alimentação 2019: promovendo dietas saudáveis para alcançar a erradicação da fome
16.10.2019

Em 16 de outubro, 150 países liderados pela ONU FAO se reunirão para tomar medidas e aumentar a conscientização sobre a fome...

Ler Mais
Negócios Reportados – PNF Preço Nacional do Feijão – IBRAFE

Negócios Reportados – PNF Preço Nacional do Feijão – IBRAFE
16.10.2019

Ler Mais