+55 (41) 3107-3344

|

+55 (41) 99137-1831

|

@ibrafe.org

Título da Notícia

10 de fevereiro – Dia Mundial das Pulses
05.02.2021

– Sobre as Pulses

Pulses são as leguminosas secas não oleaginosas como Feijões, Grãos-de-bico, Lentilhas e Ervilhas. São chamados de superalimentos porque são proteína vegetal rica em fibras, ferro, vitaminas, antioxidantes, folato e muito mais. Elas trazem muitos benefícios à saúde, como controle do peso, das taxas de açúcar no sangue, saúde do coração, prevenção de alguns tipos de câncer e muito mais. Consumir Pulses é uma excelente forma de ter uma vida mais saudável. E o cultivo de Pulses é 100% sustentável. É a maneira mais eficiente de transformar água em proteína. As Pulses fixam nitrogênio no solo e emitem muito pouco CO2 na atmosfera. Pulses são alimentos saudáveis, sustentáveis, acessíveis e fáceis de cozinhar. Por esta razão em todo mundo são hoje considerados o Alimento do Futuro e merecem ser celebrados.

– Sobre o dia Mundial das Pulses

No final do ano de 2018, a FAO – Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação – confirmou a declaração do dia 10 de fevereiro como o Dia Mundial das Pulses.

Segundo a FAO (http://www.fao.org/3/a-mt375e.pdf), o governo de Burkina Faso propôs declarar a observância anual das Pulses Mundiais no dia 10 de fevereiro. O principal objetivo desta iniciativa é aumentar a conscientização sobre a contribuição das Pulses para a segurança alimentar, a nutrição e a adaptação às alterações climáticas e mitigação, preservando e com base no sucesso do ano de 2016 – Ano Internacional das Pulses – também declarado pela ONU.

A observância de 10 de fevereiro como Dia Mundial dos Feijões e Pulses iniciou-se no ano de 2019.

– Sobre as celebrações

O dia 10 de fevereiro é o Dia Mundial das Pulses. As Pulses são celebradas em todo o mundo, dando continuidade às importantes conquistas obtidas com o Ano Internacional das Pulses de 2016.

O que fazer para celebrar o Dia Mundial das Pulses? Incentivar as pessoas ao redor do mundo a comemorar o Dia das Pulses em 10 de fevereiro. Qualquer pessoa pode participar de qualquer parte do mundo, basta ter Pulses em seu cardápio. Suas fotos podem ser compartilhadas nas redes sociais, as hashtags #WorldPulsesDay (oficial) #Pulses #ibrafe #feijão #grão-de-bico #ervilha #lentilha #VivaFeijao #LovePulses #amofeijão.

Sugestões de eventos de celebração:

• Publicações nas redes sociais;• Curtir e compartilhar campanhas nas redes sociais sobre as Pulses;• Uma refeição com sua família e/ou amigos;• Almoço corporativo com funcionários e parceiros;• Seminário/simpósio/palestra;• Doações de Pulses;• Uma música ou um vídeo (ou outra criação artística) em homenagem às Pulses ou a sua refeição favorita baseada em Pulses;• Outros, conforme sua criatividade e em observâncias às restrições por causa da pandemia.

– Sobre o IBRAFE

O Instituto Brasileiro do Feijão, Pulses e Colheitas Especiais – IBRAFE – é a única entidade reconhecida internacionalmente que representa e desenvolve os interesses da Cadeia Produtiva do Feijão, das Pulses e das Colheitas Especiais e, também, reúne os maiores apaixonados pelo Feijão.

O IBRAFE tem por finalidade o acesso, o estímulo e a divulgação da ciência e da tecnologia que beneficiem a cadeia do Feijão. Para isso, inspira e incentiva a pesquisa científica e a tecnológica, norteia e divulga pesquisas agronômicas, reivindica apoio para o setor junto a órgãos públicos e privados, nacionais ou internacionais, promove a produção e o consumo dos Pulses. Divulga o Feijão Brasileiro pelo Mundo. Tem trabalhado na redução do ICMS e de toda carga tributária defendendo que é imoral o governo cobrar imposto sobre o item número 1 da cesta básica. Desde os setores de pesquisa até o consumidor final, o IBRAFE busca fortalecer todos os elos da cadeia do Feijão no Brasil.

Facebook: ibrafe.org e preconacionalfeijao

Instagram: @ibrafe_pulses e @pnf_preco_nacional_feijao_

Notícias
Relacionadas

Segunda safra de Feijão – Mato Grosso perde 45000 ha

Segunda safra de Feijão – Mato Grosso perde 45000 ha
26.02.2021

No Mato Grosso o ritmo lento no plantio do feijão é reflexo da falta de chuvas durante o inicio da primeira safra...

Ler Mais
Índia não quer transgênicos do Brasil

Índia não quer transgênicos do Brasil
26.02.2021

Exportação deve ter certificado atestando que os produtos não têm OGM A partir de 1º de março passam a valer as novas regras...

Ler Mais