+55 (41) 3107-3344

|

+55 (41) 99137-1831

|

@ibrafe.org

Arroz e Feijão – dupla perfeita para o bom funcionamento do organismo
18.07.2022

A típica mistura brasileira vai muito além da preferência culinária.

Arroz e Feijão formam uma dupla rica em nutrientes que juntos podem suprir a necessidade de proteína, substituindo a carne.

Ao consumir arroz com Feijão a fonte de proteína fica completa. Por isso, pode-se dizer que essa mistura equivale a uma porção de carne. Isso acontece graças aos aminoácidos que são os constituintes da proteína, presentes tanto no arroz como no Feijão, sendo que no arroz há a metionina e no Feijão a lisina, que juntas formam uma proteína de boa qualidade, semelhante à carne.

“Feijão com arroz equivale a uma porção de carne”

 

A nutricionista Hellen Suleman Miranda Honda, instrutora dos cursos de gastronomia do Senac PR, explica que a combinação preferida dos brasileiros é fonte de vitaminas, proteínas e minerais importantes para a estruturação das células, fornecendo energia e auxiliando na construção dos músculos.

“No geral os dois fornecem nutrientes superimportantes para o funcionamento do organismo como um todo. Também vale destacar que eles possuem pouco teor de sódio e gordura. Então são realmente fundamentais para a alimentação”, destacou.

Nutrientes

No arroz encontramos alguns aminoácidos essenciais que são a metionina e cisteína, além de micronutrientes como fosfato, ferro, cálcio, vitamina B1 e B2. arroz branco, parabolizado e integral oferecem os mesmos nutrientes, sendo que o integral possui um maior teor de fibra.

O Feijão também fornece carboidrato – energia e a construção de várias proteínas para o corpo, que são fundamentais para a produção de anticorpos e ajudam no fortalecimento do sistema imunológico. Como nutrientes nós temos vitamina B1, B2, B3, B9, os minerais como potássio, ferro, cálcio, cobre, zinco.

O arroz e o Feijão promovem juntos uma sensação de saciedade, regulando o apetite, auxiliando no processo de emagrecimento e fortalecendo do sistema imunológico. Para não cometer exageros, a proporção ideal é de três porções de arroz para uma de Feijão.

Substituições

O guia alimentar do Ministério da Saúde recomenda a ingestão de arroz e Feijão todos os dias, já que o consumo diário desses alimentos também ajuda a prevenir doenças, como problemas cardiovasculares, diabetes, câncer de cólon e o mau funcionamento do intestino.

Apesar de ser uma combinação quase perfeita, a dupla preferida dos brasileiros pode ser substituída ocasionalmente para variar o cardápio.

“Para substituir o arroz é necessário algum cereal de equivalência nutricional – batata-doce e quinoa são alguns exemplos possíveis. Já o Feijão pode ser substituído por outras Pulses, como Ervilha, Lentilha, Grão-de-bico. O importante é variar o cardápio para ter acesso às proteínas de fonte vegetal, além de outros nutrientes. Há uma variedade muito grande de pulses como opções de cardápio”, reiterou a nutricionista.

Notícias
Relacionadas

Produtores e empacotadores perderam com Feijão no 1° semestre de 2021

Produtores e empacotadores perderam com Feijão no 1° semestre de 2021
12.08.2022

O aumento no custo de produção do Feijão tem colocado produtores em uma situação complicada. Muitos têm absorvido boa parte do reajuste...

Ler Mais
Obrigatoriedade da Rastreabilidade para os Produtos Vegetais que Possuem Padrão de Classificação

Obrigatoriedade da Rastreabilidade para os Produtos Vegetais que Possuem Padrão de Classificação
10.08.2022

O Decreto n° 6268/2007, que regulamenta a lei de classificação Lei n° 9.972/2000 e dispõe sobre a inspeção vegetal, está em consulta...

Ler Mais