+55 (41) 3107-3344

|

+55 (41) 99137-1831

|

@ibrafe.org

Título da Notícia

Feijão e Arroz todos os dias na merenda escolar
23.12.2020

Projeto do deputado Frederico d’Avila foi aprovado pela Câmara e aguarda sanção do governador de São Paulo

A alimentação escolar é um instrumento eficaz para a recuperação dos hábitos alimentares adequados e na promoção da segurança alimentar. Promover bons hábitos alimentares nas escolas, por sua vez, é trabalhar a favor de uma melhor aprendizagem, pois o aluno bem alimentado mostra um potencial maior. Com objetivo de atender essas necessidades, o deputado estadual de São Paulo, Frederico d’Avila criou o projeto de lei que torna obrigatório o fornecimento de Arroz e Feijão, pelo menos uma vez ao dia, durante todos os dias letivos, na alimentação da rede pública de ensino do estado de São Paulo.

O Projeto no 38, de 2020 passou pelas comissões de Constituição Justiça e Redação, de Educação e Cultura, e de Finanças, Orçamento e Planejamento, sendo aprovado por unanimidade pelos deputados de São Paulo. Agora, aguarda sanção do governador João Dória.

“A motivação foi o número de reclamações que temos recebido em relação a alimentos altamente processados que têm altos níveis de sódio, açúcar, sal e provocam diversos tipos de doenças como diabetes, obesidade e pressão alta que vão se manifestar quando a criança estiver em uma fase adulta.  Além do que, o Feijão é uma fonte de proteína essencial na formação cognitiva das crianças sem contar a concentração de vitaminas e minerais que ele possui”, declarou o deputado d’Avila.

Alimentação infantil saudável

O consumo de alimentos de forma adequada leva as crianças ao bom desempenho escolar e assegura maior facilidade de assimilação dos conhecimentos, além de prevenir uma série de doenças e desequilíbrios futuros, como problemas relacionados ao crescimento, colesterol alto e, também, obesidade infantil.

A alimentação escolar tem um papel relevante em dois sentidos. Em primeiro lugar, para muitas crianças ela é a única refeição do dia; em segundo, as crianças aprendem e podem reproduzir em casa, transmitindo também aos pais a importância da alimentação saudável. Ou seja, a alimentação nas escolas também é um ato educativo.

Na alimentação das crianças, o Feijão cumpre um papel importante. Os aminoácidos presentes nesse alimento atuam no sistema imunológico e auxiliam no crescimento. Já as fibras, que também fazem parte da composição do Feijão, são fundamentais para um melhor funcionamento do intestino.

A cadeia sai ganhando

Assim que sancionado o projeto de lei vai beneficiar toda a cadeia produtiva do Feijão, uma vez que irá gerar uma demanda constante do grão. Atualmente, São Paulo possui mais de 3,5 milhões de alunos inscritos na rede pública de ensino, o que acarreta uma alta necessidade.

“O mercado vai sentir o benefício como um todo. Uma vez que essa demanda seja constante, além da oferta ter que se adequar, também não vamos ter oscilações de preço muito grandes, como nós costumamos ver as vezes do produto dobrando ou triplicando. Essa ação vai beneficiar não só os produtores, como também os consumidores e empacotadores que vão contribuir para que o mercado seja mais estável e menos volátil na questão de preços”, afirmou d’Avila.

Notícias
Relacionadas

Novas áreas irrigadas podem aumentar produção agrícola em 10 vezes

Novas áreas irrigadas podem aumentar produção agrícola em 10 vezes
20.01.2021

Aumentar as áreas de irrigação no Brasil tem se mostrado como solução para a verticalização na produção de alimentos. Utilizar tecnologia e...

Ler Mais
De onde vem o que eu como: com gosto de sábado, feijoada ajuda a movimentar mais de R$ 40 bilhões no campo

De onde vem o que eu como: com gosto de sábado, feijoada ajuda a movimentar mais de R$ 40 bilhões no campo
19.01.2021

Na cidade, a combinação de carne de porco com feijão preto é clássica: veja dicas para ficar ainda melhor. No campo, aumento...

Ler Mais