+55 (41) 3107-3344

|

+55 (41) 99137-1831

|

@ibrafe.org

Título da Notícia

IBRAFE e Ceptis lançam programa Semente Legal
31.05.2021

Ceptis junto com os sementeiros, lançaram nesta quinta-feira (27) o programa Semente Legal IBRAFE. O evento on-line contou com a participação do presidente do IBRAFE, Marcelo Eduardo Lüders, do coordenador do Semente Legal da Ceptis, Tiago Pilon, e do doutor em Agronomia, José Roberto de Menezes.

O objetivo do Semente Legal é fomentar o uso de sementes certificadas. O programa é uma solução que atende a antiga demanda dos sementeiros, garante a origem e verifica a qualidade das sementes por meio de uma etiqueta de segurança aliada a um avançado sistema de rastreabilidade.

O presidente do IBRAFE falou sobre superação e a necessidade de se abrir ao novo para transpor dificuldades. “Não temos dúvida que, com o envolvimento de todos, vamos conseguir o sucesso do Semente Legal. A rastreabilidade pode gerar resistência a princípio, mas precisamos vencer a inércia e fazer um esforço conjunto”, declarou Lüders.

Ele destacou ainda que é um projeto de todos aqueles envolvidos com o Feijão, desde o pesquisador até o consumidor final.

“A rastreabilidade das sementes é o primeiro passo, o mundo vai priorizar o consumo de alimentos com certificação de origem. O Semente Legal trará a evolução”, acrescentou.

O coordenador da Ceptis, Tiago Pilon, explicou detalhadamente o programa, sua origem e todos as possibilidades que essa parceria oferece. Ele esclareceu que se trata de uma proposta para empresas de todos os portes, beneficiando a cadeia como um todo.

“É um programa que foi construído por várias mãos e trabalharemos com pessoas e empresas alinhadas aos nossos princípios. Falar desse programa é um prazer enorme, porque pude participar de seu nascimento e de todas as melhorias que foram implantadas. Temos o conforto de estar contribuindo para a evolução do mercado mais justo”, afirmou Pilon.

Ele lembrou que, como qualquer produto de valor agregado, a semente passa por pirataria, que impacta negativamente o mercado. “Uma concorrência desleal que gera prejuízos milionários. Temos centros de pesquisa que investem no desenvolvimento de novos cultivares com qualidade extrema e vemos a comercialização de pirataria que prejudica os produtores e o consumidor final, além dos detentores da tecnologia”, ressaltou.

Em sua explanação, o doutor em Agronomia José Roberto de Menezes, apresentou um panorama geral da produção de Feijão no Brasil, falou sobre a Agricultura do Sol e sobre as inúmeras vantagens que a rastreabilidade das sementes pode trazer para a cadeia produtiva de Feijão.

“Estamos passando por uma mudança no perfil de plantio que exige qualidade. Essa qualidade é um passaporte para entrarmos no mercado mundial. O programa vai trazer um ganho muito grande sobre a melhoria genética, sanitária e fisiológica. O Semente Legal começa com a genética e termina na prateleira”, disse Menezes.

Semente Legal

 

Criado em 2017, o programa Semente Legal é uma solução desenvolvida pelo grupo Ceptis, por meio da Ceptis Agro, empresa brasileira detentora do direito de exploração da tecnologia suíça para a promoção do agronegócio por meio de soluções tecnológicas integradas. Com certificação desde as sementes forrageiras até as de uso comum e insumos agrícolas e veterinários, o Semente Legal tem a finalidade de garantir a rastreabilidade segura e a origem aos produtos agrícolas.

Em 2021, o programa chega à cadeia produtiva do Feijão por meio da parceria com o IBRAFE, que busca fortalecer todos os elos dessa corrente, representando o setor e estimulando a produção e o consumo de Feijões, Pulses e Colheitas Especiais no Brasil e no mundo.

O Semente Legal tem a finalidade de garantir rastreabilidade segura, qualidade das sementes, certificação de origem, sustentabilidade de produtos e processos agrícolas e a conformidade aos protocolos governamentais e mercadológicos

Os produtores que aderem ao Semente Legal passam a contar com um grande diferencial no mercado. São inúmeros os benefícios, entre eles comprovação da rastreabilidade segura, garantia de origem e qualidade promovida por uma empresa independente.

Notícias
Relacionadas

Arroz e feijão no supermercado em BH estão 74% mais caros que em janeiro de 2020

Arroz e feijão no supermercado em BH estão 74% mais caros que em janeiro de 2020
21.06.2021

Em média, compras nos estabelecimentos ficaram 44% mais caras, levando em consideração todos os produtos analisados pela pesquisa do Mercado Mineiro O arroz...

Ler Mais
Operação “Grão em Grão”: Receita Federal em Minas Gerais promove a autorregularização de produtores rurais

Operação “Grão em Grão”: Receita Federal em Minas Gerais promove a autorregularização de produtores rurais
18.06.2021

Os produtores rurais terão a oportunidade de regularizar a entrega da Declaração de Ajuste Anual de Imposto de Renda e o recolhimento...

Ler Mais