+55 (41) 3107-3344

|

+55 (41) 99137-1831

|

@ibrafe.org

Título da Notícia

Ibrafe integra comitê especial do GPC
28.04.2021

 

Na última semana o Instituto Brasileiro do Feijão e Pulses (Ibrafe), por meio de seu presidente Marcelo E. Lüders, participou de uma reunião do Conselho Executivo do Global Pulses Confederation (GPC). O objetivo do encontro foi criar um comitê para atuar fortemente junto a governos para incentivar pesquisas, plantio e consumo de Pulses pelo mundo.

Em 2016, os Pulses foram reconhecidos pela ONU com atributos que se alinham bem aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). Em um ambiente alimentar global altamente competitivo, a cadeia de leguminosas deve renovar seus esforços para posicionar os Pulses junto aos consumidores, governo e indústria de alimentos para promover os atributos de acessibilidade, nutrição, seu papel em dietas saudáveis ​​e a importância agronômica das leguminosas e seus sistemas de cultivo diversificados.

De acordo com a proposta do GPC, a cadeia dos Pulses também deve garantir que os investimentos em estímulos feitos pelos governos como parte da transformação do sistema alimentar visem o desenvolvimento da safra de leguminosas, a pesquisa pré-competitiva no uso de leguminosas como ingredientes de alimentos e bebidas e garantir que elas sejam posicionadas nos guias alimentares e atividades de educação do consumidor realizadas ou apoiadas por fundos governamentais.

 

Ações

 

Em setembro de 2021, as Nações Unidas realizarão uma Cúpula do Sistema Alimentar para catalisar a ação desse sistema em apoio aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Durante a preparação para a cúpula, a intenção é criar estímulos e urgência em torno da necessidade de mudança na forma como o mundo encara os alimentos, tendo como público-alvo consumidores, grandes empresas alimentícias e governos nacionais.

A criação de um senso de urgência será usada como um catalisador para mudanças transformadoras. Nas palavras da ONU, “A Cúpula despertará o mundo para o fato de que todos devemos trabalhar juntos para transformar a forma como o mundo produz, consome e pensa a respeito dos alimentos”. O acordo que será alcançado em setembro de 2021 será a justificativa para novas ações dos governos nacionais nos próximos anos.

Como integrante do GPC, o Ibrafe fará parte desse comitê com membros que compartilham uma visão e paixão pelo envolvimento na discussão da transformação do sistema alimentar.

O objetivo deste comitê deve se concentrar no desenvolvimento de um conjunto de princípios que delineiam os elementos estruturais de um sistema que pode orientar os investimentos e políticas que funcionam nacionalmente, e dentro de um sistema global de comércio de alimentos. A perspectiva do comércio sobre uma política viável será a chave para uma entrega tranquila de uma grande transformação do sistema alimentar mundial.

“Nós do Ibrafe entendemos os Pulses como uma causa social. No Brasil temos 1 milhão de produtores de todos os portes e temos mantido um canal de comunicação constante com o governo e funcionários da FAO, porque muito se fala que o Brasil é o celeiro do mundo, mas estamos produzindo mais soja e milho a cada dia. Fazer parte do comitê do GPC e ajudar nas ações e na tradução de todo o material para os países de língua portuguesa será uma honra”, finalizou Lüders.

Notícias
Relacionadas

Software que detecta pragas chegará ao feijão

Software que detecta pragas chegará ao feijão
05.05.2021

Ferramenta permite reduzir aplicações de defensivos e ter produtividade Dois programas têm ajudado produtores paranaenses a reduzir o uso de inseticidas e fungicidas...

Ler Mais
Frente fria avança e deixa Rio Grande do Sul em estado de alerta para chuvas intensas

Frente fria avança e deixa Rio Grande do Sul em estado de alerta para chuvas intensas
04.05.2021

A chegada de uma frente fria vindo do Uruguai vai mudar as condições do tempo no Rio Grande do Sul nesta terça-feira...

Ler Mais