+55 (41) 3107-3344

|

+55 (41) 99137-1831

|

@ibrafe.org

Título da Notícia

MAPA ouve o setor feijoeiro
15.04.2020

Enquanto jornalistas sensacionalistas se aproveitam do momento em que os Feijões apresentaram alta nos últimos 30 dias, em reunião no Ministério da Agricultura com os presidentes das Câmaras Setoriais sobre os desafios que enfrentam no momento, o setor feijoeiro solicitou, entre outras sugestões, que sejam esclarecidas ao público as razões que levaram a alta recente. Espera-se que nos próximos dias o Ministério possa esclarecer que a alta ocorrida recentemente deve-se a dois fatores principais:
1 – As já bastante conhecidas perdas de produtividade por conta do clima adverso.
2 – O efeito manada que ocorreu antes do início da quarentena, quando todos foram ao supermercado ao mesmo tempo e compraram mais do que tinham necessidade.
É necessário que todos do setor auxiliem na divulgação desta narrativa. Não se pode responsabilizar o produtor que teve perdas na sua atividade e nem os empacotadores que fazem o repasse do produtor para o varejo. É interessante que os maiores empacotadores do Brasil, ao serem chamados pelo Procon, demonstraram que entre os valores de compras no mês de janeiro e os dos últimos dias, as margens continuam as mesmas.
Apesar do início da safra do Paraná, ainda…CONFIRA NA ÍNTEGRA AQUI.

Fonte: IBRAFE

Notícias
Relacionadas

Estudo da UFMG aponta que ‘arroz com feijão’ e azeite extravirgem reduzem inflamações em obesos

Estudo da UFMG aponta que ‘arroz com feijão’ e azeite extravirgem reduzem inflamações em obesos
07.12.2021

Pacientes com obesidade grave tiveram parâmetros inflamatórios reduzidos após 12 semanas de consumo de azeite extravirgem associado à dieta com padrão brasileiro...

Ler Mais
Estudo inédito avaliou feijão em Mato Grosso

Estudo inédito avaliou feijão em Mato Grosso
01.12.2021

Estado é é o quarto maior produtor brasileiro e cultiva carioca, caupi e preto. O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), em parceria...

Ler Mais