+55 (41) 3107-3344

|

+55 (41) 99137-1831

|

@ibrafe.org

Título da Notícia

Quebra na produção de feijão vai gerar impactos nos preços, aponta Ibrafe
12.01.2022

Segundo o presidente da entidade, Marcelo Lüders, as perdas com a estiagem ultrapassam 1 milhão de sacos de feijão apenas na Região Sul

Além da soja, outra cultura que pode ser bastante impactada pela estiagem é o feijão de primeira safra, que tem 100% da área plantada e 38% colhida.

A estimativa do Instituto Brasileiro do Feijão (Ibrafe) é que na Região Sul as perdas ultrapassem 1 milhão de sacos.

Segundo o presidente da entidade, Marcelo Lüders, com o cenário, os preços já reagiram na primeira semana do ano em até 20%.

“As lavouras perdidas no Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul têm um impacto muito grande, especialmente nesta primeira safra, já que é uma região que abastece o país até abril, início de maio”, explica.

Em outras regiões, como em Minas Gerais e Goiás, o excesso de chuvas também impactam negativamente na cultura, mas a perda não está consolidada.

“Para o produtor são R$ 400 milhões de perdas apenas no Paraná. Para inflação no primeiro semestre o impacto vai ser bastante grande. Para o consumidor ainda é cedo para dizer o quanto ele vai conseguir absorver essa alta. Agora, o prejuízo para os produtores é muito grande. É trágico”, afirma.

Fonte: https://www.canalrural.com.br/noticias/quebra-producao-de-feijao-vai-gerar-impactos-nos-precos-aponta-ibrafe/

Notícias
Relacionadas

Brasil aumenta exportação de feijão. Volume de janeiro a novembro supera o de todo o ano passado

Brasil aumenta exportação de feijão. Volume de janeiro a novembro supera o de todo o ano passado
18.01.2022

Sem área para elevar a produção no Paraná, o produtor de grãos Ralph Karly de Guarapuava adquiriu terras em Baixa Grande do...

Ler Mais
Testes realizados com pó de basalto em milho e feijão em Uberlândia começam a surtir efeito

Testes realizados com pó de basalto em milho e feijão em Uberlândia começam a surtir efeito
17.01.2022

Uberlândia iniciou testes com a utilização do pó de basalto no cultivo de milho e feijão em novembro de 2021, com a intenção...

Ler Mais