+55 (41) 3107-3344

|

+55 (41) 99137-1831

|

@ibrafe.org

Título da Notícia

Sementes: produtores de feijão lançam programa de qualidade e contra pirataria
26.05.2021

São Paulo, 25 – A Ceptis Agro, líder em tecnologia de tintas de segurança, autenticação, rastreabilidade, e o Instituto Brasileiro do Feijão e Pulses (Ibrafe) vão lançar, na quinta-feira (27) o Programa Semente Legal Ibrafe. O objetivo é de reduzir a comercialização de sementes piratas e aumentar os padrões de qualidade do processo produtivo de feijão no Brasil

Dados do Ibrafe apontam que cerca de 90% das sementes de feijão não são certificadas e têm suas origens desconhecidas. Uma semente fora do padrão pode causar queda na produtividade, disseminação de pragas e doenças, além de incentivar o mercado que não segue as normas legais oficiais.

Segundo comunicado da Ceptis Agro, a solução garante a origem e verifica a qualidade das sementes produzidas e distribuídas nacional e internacionalmente. Pela parceria, produtores de sementes, revendedores, distribuidores e consumidores poderão contar com o selo Semente Legal. Os produtos com a etiqueta são monitorados por um rigoroso sistema de rastreabilidade segura. O selo será um diferencial competitivo no mercado de sementes de feijões em todo o País.

A certificação não é obrigatória e poderá ser feita por adesão voluntária das empresas interessadas. Por meio do Semente Legal, produtores e consumidores finais podem verificar a procedência e ter segurança sobre a qualidade do produto.

Criado em 2017, o programa Semente Legal é uma solução desenvolvida pelo grupo Ceptis, por meio da Ceptis Agro, empresa brasileira detentora do direito de exploração da tecnologia suíça para a promoção do agronegócio por meio de soluções tecnológicas integradas. Com certificação desde as sementes forrageiras, até as de uso comum e insumos agrícolas e veterinários, o Semente Legal tem a finalidade de garantir a rastreabilidade segura e a origem aos produtos agrícolas.

Fonte: https://www.dinheirorural.com.br/sementes-produtores-de-feijao-lancam-programa-de-qualidade-e-contra-pirataria/

Notícias
Relacionadas

Arroz e feijão no supermercado em BH estão 74% mais caros que em janeiro de 2020

Arroz e feijão no supermercado em BH estão 74% mais caros que em janeiro de 2020
21.06.2021

Em média, compras nos estabelecimentos ficaram 44% mais caras, levando em consideração todos os produtos analisados pela pesquisa do Mercado Mineiro O arroz...

Ler Mais
Operação “Grão em Grão”: Receita Federal em Minas Gerais promove a autorregularização de produtores rurais

Operação “Grão em Grão”: Receita Federal em Minas Gerais promove a autorregularização de produtores rurais
18.06.2021

Os produtores rurais terão a oportunidade de regularizar a entrega da Declaração de Ajuste Anual de Imposto de Renda e o recolhimento...

Ler Mais