+55 (41) 3107-3344

|

+55 (41) 99137-1831

|

@ibrafe.org

Título da Notícia

Dólar surpreende e desperta atenção do setor de Feijões
12.01.2021

As notícias sobre a desvalorização mais forte do real ontem, frente ao dólar, despertaram nos produtores mais atentos perguntas sobre se muda algo nos preços de Feijões. Muitos analistas esperando que ele venha abaixo dos R$ 5 e ontem bateu até R$ 5,50. Para que o impacto seja percebido nos preços de Feijões exportáveis, esta cotação teria que se manter nestes níveis até o momento da fixação do câmbio, e até agora nem foi plantada a safra que será exportada. Outros já comentavam sobre outro aspecto também, que são os custos. Se o dólar se mantiver mais alto, todos sabemos que os custos também acabam sendo corrigidos. Já no mercado de Feijões, ontem foi mantido baixo volume negociado. Houve menos compradores ativos no dia de ontem. No Paraná, os produtores se preocupam com a qualidade do produto. É compreensível, tanto que na parte da tarde de ontem alguns produtores venderam Campos Gerais e Sabiá por R$ 265, porém deve-se ter em conta que estavam com elevada umidade e manchas. Para os Feijões melhores, nota 8,5/9, nada mudou, ainda há pouca oferta. Agora é hora dos produtores e dos cerealistas prestarem atenção para não passarem por tensões durante a segunda safra…

Se você é profissional do Feijão, produtor ou comerciante, seu lugar é no Clube Premier. Ganhe com informações privilegiadas!



IBRAFE