+55 (41) 3107-3344

|

+55 (41) 99137-1831

|

@ibrafe.org


Não se preocupem, nossos netos poderão usufruir o legado do Feijão
28.08.2020

Quando boas pessoas se reúnem, o resultado é sempre evolução positiva. Isso é bíblico. “Onde não existe conversas, fracassam os bons planos, mas com a cooperação de muitos conselheiros, há grande êxito.” – Provérbios 13:16. Ontem à noite, 39 produtores de todos os cantos do Brasil tiveram uma reunião muito interessante com Mauro Bortolanza, da Kicaldo de São Paulo e da Bahia. A unanimidade foi que a iniciativa valeu a pena. “Nunca houve uma reunião de tamanha envergadura, com serenidade do setor, como esta”, comentaram produtores presentes. A marca que, segundo as pesquisas de sites e revistas especializadas, é a maior empacotadora do Brasil falou francamente sobre como vê o mercado atual e o futuro. “Aparentemente o consumo per capita está estabilizado e não parece estar caindo”, comentou Mauro. “Fiquem tranquilos,” afirmou, “nossos netos poderão trabalhar com Feijão se quiserem e usufruírem do legado que nossa geração deixará, de respeito e responsabilidade com este alimento tão especial,” arrematou. Quanto ao momento, ele comentou que as vendas de agosto caíram bastante, talvez pela nova mudança ocorrida na sociedade, com a retomada das atividades gradualmente no Brasil. É uma incógnita até onde os preços podem chegar, mas com a subida de todos os alimentos recentemente ele acredita que os preços mudaram de patamar e que seria ideal preços ao redor de até R$ 220, que a venda flui bem e não causa maiores problemas no consumo. Desmistificou alguns pontos nas relações com o varejo. É difícil, como todas as atividades que se propõe a desenvolver com escala maior. A Kicaldo é uma indústria com certificações ISO e pesados investimentos no processamento e logística do produto. No mercado, ontem, foi novamente um dia de bom volume de negócios, acima de 35.000 sacos reportados para o PNF. Os preços variaram de R$ 235 até R$ 250 em Minas Gerais, e em Goiás entre R$ 220 até R$ 230, mais ICMS.

......Leia mais,venha para o Clube Premier
IBRAFE