Cooperativas se reúnem para debater o Feijão.

Por: IBRAFE,

25 de abril de 2024

Responsive image
O relatório do DERAL do Paraná não trouxe maiores detalhes sobre a safra atual. O ponto crucial continua inalterado. Ou seja, o Feijão total previsto segue em 777 mil toneladas de colheita. Com isso, o cenário para o Feijão-preto, principalmente, merece atenção. Tanto é assim que as cooperativas do Paraná que atuam com Feijões estarão reunidas hoje em Curitiba para avaliar alternativas que atenuem o impacto do maior volume de Feijão-preto que deverá ser colhido. Desde incentivo ao consumo interno até a exportação, todas essas opções serão objeto de análise em busca do melhor resultado para os produtores.
O Secretário da Agricultura, Norberto Ortigara, também estará presente, e o projeto APEX Brazil Superfoods será apresentado pelo IBRAFE como uma alternativa na busca por liquidez.
Os produtores têm buscado orientação sobre vender imediatamente ao colher ou não. A sensatez indica que, enquanto os preços reservarem margem para o produtor, não há lógica em reter. Neste período até o final de maio, a tendência será de que o mercado teste o limite que o setor irá suportar na redução dos preços.

Mais
Boletins

Preços tem pequena reação durante a semana
24/05/2024

Demanda sustenta cotações
23/05/2024

Embaixada Mexicana recebeu o IBRAFE
22/05/2024

Preços esboçam pequena reação
21/05/2024

Segunda safra na reta final de colheita
20/05/2024