EXCESSO DE OTIMISMO TROUXE PERDAS

Por: IBRAFE,

13 de março de 2024

Responsive image
A insegurança gerada pelos poucos lotes colhidos e vendidos com valores entre R$ 300 e R$ 320 no Feijão-preto nas fontes nesta semana fez com que os empacotadores, mesmo com poucos estoques, recuassem ainda mais. No entanto, essa baixa ocorreu na expectativa de colheita e ainda não reflete a realidade dela, que deverá ocorrer somente durante o mês de abril.
 
Para o Feijão-carioca, a situação surpreende mais uma vez devido ao excesso de confiança de muitos produtores. Eles perderam a oportunidade de vender por melhores níveis que foram praticados no mercado alguns dias atrás, antes da colheita dos Feijões manchados de Minas Gerais, principalmente.
 
Agora, olhando para a segunda safra, o que dizer dos números anunciados ontem pela CONAB? Infelizmente, mesmo que oficialmente a Câmara Setorial do Feijão tenha alertado através de ofício que levantar apenas o Feijão cores, preto e caupi não reflete a realidade do mercado, a CONAB segue ignorando este fato. Não se pode negar o volume de Feijões...

Mais
Boletins

Preços tem pequena reação durante a semana
24/05/2024

Demanda sustenta cotações
23/05/2024

Embaixada Mexicana recebeu o IBRAFE
22/05/2024

Preços esboçam pequena reação
21/05/2024

Segunda safra na reta final de colheita
20/05/2024