Mercado calmo nesta semana, mas há sinais importantes para o setor

Por: IBRAFE,

25 de janeiro de 2024

Responsive image

O mercado de Feijão não está alinhado. Após uma valorização estranha em janeiro, os compradores se retiraram. Não houve um acordo entre os compradores, mas eles adquiriram o que precisavam para atender algumas demandas e agora estão processando os pedidos para entrega no final do mês. Dentro de um estado, há dias com maior procura em um polo de produção e outros com menos. O fato de apenas uma carga ter sido vendida no interior de São Paulo por R$ 400 mostra que a dificuldade persiste, mesmo após 10 dias de mercado calmo. Mas isso era esperado.

Um índice que nos interessa foi divulgado nesta semana, e que..

Mais
Boletins

Cooperativas se reúnem para debater o Feijão.
25/04/2024

Feijão-preto indo para ração animal
24/04/2024

Primeira safra teria sido mais lucrativa para Feijão-preto
23/04/2024

Preços atrativos motivam mais negócios
22/04/2024

Exportação já beneficia o setor e produtividade tem toda atenção
19/04/2024