Preços esboçam pequena reação

Por: IBRAFE,

21 de maio de 2024

Responsive image
Após uma avalanche de Feijões comerciais cariocas e pretos do Paraná, as coisas começam a se organizar novamente. Agora, os empacotadores já sabem que Feijão-carioca pode ser adquirido por menos de R$ 150 e entendem que os Feijões de melhor qualidade merecem preços de até R$ 230 no Paraná. Também há um produto intermediário em Minas, e lá ontem os produtores resolveram testar  os compradores, pedindo mais. Ontem, o mercado “travou” naquele estado. O empacotador e até mesmo o cerealista, que compra para vender em sacos, ainda não se sente confortável naquela região para absorver o aumento de preços, mas também reconhece que o melhor momento de compra já passou e que agora terá que pagar mais para continuar trabalhando. 
 
Os lotes de Feijão-preto no Paraná também estão estocados; os produtores procuraram desovar o pior produto e esperar com o melhor que tinham colhido. Agora, há mais calma para negociar. Ainda não...

Mais
Boletins

Produtor que ganha acompanha de perto o mercado
24/06/2024

Consumo de Feijão-preto surpreende no Nordeste
21/06/2024

Mesmo com Nordeste em festa mercado segue firme
20/06/2024

Feijão no Mercado de Varejo: Uma Análise
19/06/2024

Feijão-Carioca cada região uma situação diferente
18/06/2024