Moscas brancas como nunca se viu e o Caupi planta ou não?

Por: IBRAFE,

14 de fevereiro de 2024

Responsive image
Lentamente, mesmo que não haja um movimento mais intenso de compradores, as poucas negociações têm sido suficientes para trazer alguma valorização aos lotes de Feijão estocados. Não há Feijão-carioca nota 9 ou melhor que poderia ter valor acima dos R$ 370/380. Assim, o que foi negociado de nota 8 e 8,5 em Goiás e Minas antes do feriado do carnaval foi na casa de R$ 325. Agora, pós carnaval, nas próximas semanas, deveremos perceber a presença mais intensa dos compradores.
 
No caso do Feijão-preto, mais do mesmo. Negócios reportados são raros, ao redor de R$ 390/405 FOB na cerealista no Sul do Paraná e nos produtores ao redor de R$ 380. A proliferação da mosca branca nas regiões produtoras de Minas e Goiás está ganhando contornos nunca vistos. Já há relatos de lavouras abandonadas naqueles estados. Nestas próximas duas semanas, estarei em viagem para Índia e Emirados. Na Índia, teremos diversos encontros com importadores de todo o mundo na Global Pulse Confederation, onde representamos o Brasil. Também aproveitaremos para ter agendas na Embaixada do Brasil com parte do governo indiano e também com importadores indianos.
 
Falando sobre isso, a previsão...

Mais
Boletins

Preços tem pequena reação durante a semana
24/05/2024

Demanda sustenta cotações
23/05/2024

Embaixada Mexicana recebeu o IBRAFE
22/05/2024

Preços esboçam pequena reação
21/05/2024

Segunda safra na reta final de colheita
20/05/2024