Relatório da CONAB mostra mais Feijão nas lavouras

Por: IBRAFE,

12 de abril de 2024

Responsive image
O mercado ontem registrou mais negócios, conforme relatórios de fontes, e os preços permaneceram estáveis. No entanto, algumas regiões produtoras relataram não ter recebido demanda. Isso foi o caso do norte do Rio Grande do Sul e também da região dos Campos Gerais no Paraná. Se tivessem recebido três vezes o volume atual, teriam vendido tudo. Em um país do tamanho do Brasil, isso ocorre com certa frequência.
 
Os empacotadores estão com estoques baixos, aguardando que o ritmo de colheita da segunda safra se normalize. Com isso, espera-se que os preços fiquem um pouco mais estáveis, e as compras estão ocorrendo conforme a necessidade diária.
 
Quanto ao relatório da CONAB publicado ontem, houve um salto na estimativa de produção da Segunda Safra, com 1,51 milhão de toneladas, em comparação com as 1,34 milhões de toneladas do relatório anterior, publicado há um mês. Isso terá um impacto significativo no...

Mais
Boletins

Preços tem pequena reação durante a semana
24/05/2024

Demanda sustenta cotações
23/05/2024

Embaixada Mexicana recebeu o IBRAFE
22/05/2024

Preços esboçam pequena reação
21/05/2024

Segunda safra na reta final de colheita
20/05/2024