+55 (41) 3107-3344

|

+55 (41) 99137-1831

|

@ibrafe.org


CONAB afirma: Feijão-carioca está 55% mais caro do que ano passado
26.08.2020

Sou admirador do agronegócio do Brasil. Portanto reconheço o trabalho de instituições públicas que são responsáveis, cada uma a sua maneira, pelo sucesso nacional. Estamos ansiosos de entender como a CONAB poderá nos auxiliar na evolução deste mercado. Temos visto as novas ferramentas e também nova direção fazendo história em mercados das commodities tradicionais. Entendo que precisamos olhar o mercado de Pulses e Colheitas Especiais, porém, neste momento em especial, olhar nosso mercado de Feijão com olhos diferentes. Saber dos reais números pode significar se antecipar a uma crise de abastecimento ou ser tolhido, no meio da reação da opinião publicada, inflada pelos indivíduos que nunca moveram uma palha pelo mercado, mas que rapidamente, como são “do contra”, estarão contra o governo e contra o setor. Foi por este motivo que ontem defendi, durante a reunião da Câmara Setorial do MAPA, que precisamos juntos analisar melhor os números da safra nacional. Se os preços estão 55% acima dos valores praticados no ano passado, é lógico que não temos o mesmo volume de Feijão que em 2019. Se os números oficiais afirmarem que existe estoque igual, então, em breve, teremos patetas falando novamente bobagens como falaram em março e abril, que produtores estavam com grandes estoques e deveriam ser obrigados a vender. Sim, se temos Feijões, qual a razão de todos eles estarem acima do valor não 5 ou 10%, mas 55%? Claro que…

......Leia mais,venha para o Clube Premier
IBRAFE