+55 (41) 3107-3344

|

+55 (41) 99137-1831

|

@ibrafe.org


México bate à porta do Brasil, mas quem atenderá será a Argentina
06.07.2020

A procura por Feijão-preto tem se mantido firme por parte de países da América Central. Na última semana, o Itamarati recebeu e-mails e comunicados oficiais dando conta de que o México importará 100 mil toneladas. Ocorre que o Brasil não tem este Feijão-preto para exportar. Estaremos mais uma vez importando da Argentina. Perdemos mais uma grande oportunidade de passar a fazer parte dos produtores mundiais deste Feijão, com participação no mercado mundial. A Argentina deverá exportar para lá e, consequentemente, teremos menor disponibilidade daquele país para abastecer nosso mercado. Sobre as colheitas de Feijão-carioca no Brasil, sabemos que ainda são pequenas e bastante concentradas no Vale do Araguaia. Os preços na última semana ficaram estáveis em R$ 220/230, no entanto alguns negócios foram fechados ainda na “rama”, Feijão a colher. Estamos enviando hoje para você, membro do Clube IBRAFE Premier, estimativas do fluxo de oferta e demanda do Feijão-carioca até o mês de outubro. Semana que vem, disponibilizaremos o fluxo de Feijão-preto e Feijão-caupi. Estes  levantamentos…

...Quero saber mais!
Fonte: IBRAFE